Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Nerd

Cinema, Música, Tecnologia | Mundo Nerd

20.05.18

As Séries que eu Parei de Ver, parte 2

No especial das séries que acompanho, trago-vos hoje as séries que comecei a ver, mas acabei por não terminar. E estas não são as séries que ainda tenho de ver, são séries que escolhi mesmo deixar de acompanhar por determinadas razões. Podem ver a primeira parte do especial com a minha lista de séries favoritas aqui.

 

As séries que eu parei de ver, 13 Reasons Why

 

Por 13 Razões

Parei de ver esta série logo nos primeiros episódios da primeira temporada e nunca mais lhe toquei. Foi mesmo quase uma tortura ver os ditos episódios. Eu não li o livro, mas a série tem uma história péssima, maus desempenhos e personagens ocos. Para além de me lembrar de que ficava muito frustrado pela forma irrealista como os personagens nesta série reagiam às coisas. Odiei mesmo...

 

Dinastia

Comecei por gostar dos primeiros episódios, mas logo se tornou super cliché e superficial. Apesar de ser uma boa série de entretenimento, não me cativou o suficiente para me fazer acompanhar o resto da temporada.

 

Orange is the New Black

Eu adorei a primeira temporada desta série. Mas, a partir da terceira temporada, acho que se tornou muito aborrecida e parei de ver.

 

Orphan Black

Gostei dos misteriosos primeiros episódios desta série, mas logo se tornou muito surreal e cliché, pelo que já não vi mais temporadas.

 

As séries que parei de ver, Riverdale

 

Riverdale

Mais uma série que acho em que a história é ridícula e os desempenhos são péssimos. É uma série muito superficial, que nunca mais consegui ver, e tentei.

 

Mais séries que deixei de ver:

  • American Gods
  • Continuum
  • Crazyhead
  • Devious Maids
  • Don't Trust the B in Apt 23
  • Empire
  • Falling Skies
  • Forever
  • Future Man
  • Homeland
  • Minority Report
  • Mr. Robot
  • People of Earth
  • Quantico
  • Salem
  • Scandal
  • Selfie
  • Sherlock
  • Teen Wolf
  • The Exorcist
  • The Mick
  • The Shannara Chronicles
  • The Strain
  • The X Files
  • Under the Dome

 

Não digo que não possa a vir a dar mais alguma oportunidade a algumas destas séries, mas para já não tenho interesse de as continuar a ver. Deixem nos comentários quais as séries que vocês também tenham deixado de acompanhar. E se virem alguma destas que eu referi, têm alguma razão para eu reconsiderar?

 

19.05.18

As Minhas Séries Favoritas, parte 1

Como parte da remodelação do blog, pretendo trazer-vos estes artigos especiais de vez em quando. Hoje decidi escrever acerca das minhas séries favoritas. Como as séries que sigo são muitas, vou dividir estes artigos por várias partes. A parte 1 será as minhas séries favoritas do momento. Aquelas que ando a ver agora.

 

As minhas séries favoritas, The Handmaid's Tale

 

The Handmaid's Tale

Esta é uma das minhas séries favoritas de sempre. A primeira temporada foi fenomenal e a segunda está tão emocionante quanto a primeira. Grandes desempenhos e uma história realista e frustrante. A série retrata um futuro próximo no qual um grupo religioso extremista tomou posso do governo dos EUA, instalando uma ditadura com base na bíblia. Neste novo país, as mulheres férteis têm apenas uma função: dar filhos às famílias mais abastadas, enquanto são privadas de quaisquer direitos. Um drama tenso, mas que recomendo a todos. Classificação: 10/10

 

Westworld

Aqui está outra série que está no topo do topo. A primeira temporada desta série é fenomenal, e apesar de a segunda estar a apanhar o mesmo ritmo, perdeu um pouco para a primeira. No entanto, a série continua muito viciante, com mistérios a serem desvendados a cada episódio. Esta série conta as histórias dos visitantes e dos moradores de um parque de temático futurístico, chamado de Westworld. Nesse parque, os visitantes podem fazer o que quiserem aos anfitriões do parque, que são androides realistas com o único objetivo de servir os visitantes do parque. Pode parecer uma série complexa, mas a história é das mais interessantes que já vi numa série. Classificação: 9/10

 

Killing Eve

Esta série é recente, mas fiquei muito contente por a ter descoberto e tenho acompanhado todos os episódios desde então. A série é uma espécie de comédia sarcástica de humor negro, no qual Eve se empenha para apanhar uma perigosa assassina, mas acaba por desenvolver uma obsessão pela mesma. Da mesma forma que a assassina acaba por desenvolver sentimentos fortes por Eve. Uma série que vos vai fazer rir imenso, ao mesmo tempo que vos vai divertir. Classificação: 8/10

 

Humans

A série já regressou para a terceira temporada com um episódio de cortar a respiração. Um drama complexo acerca de um mundo que usa androides realistas como ajudantes para todas as tarefas, mas tudo muda quando se descobre que esses androides conseguem pensar por eles próprios. Classificação: 8/10

 

As minhas séries favoritas, Legion

 

Legion

Confesso que esta série já me cativou mais na sua maravilhosa primeira temporada, mas a segunda temporada não fica muito atrás. É uma série muito difícil de explicar (acreditem), mas fascinante pelos efeitos especiais e pelos mistérios que fazem da série uma das minhas favoritas. Incríveis desempenhos também. Recomendo que lhe deem uma hipótese. Classificação: 8/10

 

Family Guy

Penso que esta série dispensa apresentações. Infelizmente, a temporada atual está quase a terminar, mas não deixa de ser uma das minhas séries favoritas. Classificação: 9/10

 

18.05.18

Trailers da Semana, 18 Maio

Quero introduzir-vos à nova rubrica aqui do blog. Nela, vou partilhar com vocês os melhores trailer de filmes da semana, na minha opinião. Mas, nem todas as semanas há trailers, por isso não esperem a rubrica todas as semanas. No entanto, quando houver trailers a serem partilhados com vocês, esta rubrica terá dia marcado todas as sextas-feiras.

 

Trailers da Semana, Missão Impossível Fallout

 

 

Missão: Impossível - Fallout (Trailer)

 

 

Mile 22 (Trailer)

 

 

Esta semana são apenas estes dois trailers. Qual foi o vosso favorito? Eu gostei particularmente do novo trailer do filme Missão: Impossível - Fallout, que parece prometer muita ação.

 

17.05.18

Cartaz de 17 de Maio, Estreias

Antes da reformulação deste blog, esta rubrica onde eu listo as estreias de cinema no nosso país era escrita às quartas-feiras, mas agora decidi que irei publicar a lista todas as quintas-feiras, que é o dia de estreias de cartaz em Portugal. Como sempre, vou deixar as classificações dos filmes no site Rotten Tomatoes, para vos ajudar a decidir na escolha do filme desta semana.

 

  • 17 Raparigas    (67%)
  • A Ordem Divina    (86%)
  • Deadpool 2    (85%)
  • Desejo Inconcebível    (30%)
  • Madame Hyde    (45%)
  • Nunca Estiveste Aqui    (86%)
  • O Segredo da Câmara Escura    (46%)
  • Para Além dos Limites    (n/a)
  • Refugiados    (91%)

 

Estreias de 17 de Maio, Deadpool 2

 

O filme que eu recomendo é o Deadpool 2, mas têm de ver o primeiro antes. Eu gostei imenso do primeiro filme e quero imenso ver esta segunda entrada. Qual é o filme que vocês vão ver esta semana? Vão dar uma chance ao Deadpool 2?

 

16.05.18

Crítica de Noite de Jogo

Noite de Jogo (Game Night) foi um filme que surpreendeu pelas suas críticas bastante positivas, mas que acabou por se traduzir num medíocre resultado nas bilheteiras de todo o mundo, apesar de ter conseguido ultrapassar a marca dos 100 milhões de dólares. O filme ainda se encontra em alguns cinemas do nosso país, mas eu vi em casa, onde também já está disponível.

 

Crítica de Noite de Jogo

 

Eu tinha a fasquia muito elevada para este filme, baseado em todas as críticas positivas que o filme recebeu. E felizmente, o filme não me desiludiu. O elenco é de topo e apesar do argumento ter algumas partes clichés ou previsíveis, na maior parte, o talento consegue entregar uma narrativa interessante e muito divertida. A direção também está de parabéns, com efeitos especiais de qualidade e muito mais ação do que eu esperava. A cinematografia também é um dos pontos fortes do filme, com planos modernos.

 

A história parte de um princípio simples, mas torna-se muito mais complicado. Um grupo de amigos junta-se todas as semanas para uma noite de jogo, em que, tal como o nome indica, passam a noite a jogar jogos. Mas, tudo muda quando um personagem contrata uma empresa que oferece um serviço de jogo realista de mistério. Esse jogo consiste no sequestro de um dos jogadores, e os restantes vão recebendo pistas para descobrir o seu paradeiro. Mas, para além dos conflitos pessoais entre os jogadores, talvez o sequestro seja mais verdade do que mentira.

 

Crítica de Noite de Jogo

 

O filme é hilariante, eu dei por mim a dar fortes gargalhadas por quase todo o filme, e consegue ainda ter cenas mais sérias e muita ação. É um filme adulto, com muitas piadas sexuais e uma linguagem explícita, por isso ficam avisados. Eu sou fã deste tipo de filmes e adorei este, sem dúvida um bom filme para se divertirem.

 

15.05.18

Box Office 10 a 13 de Maio

A terça-feira será o novo dia em que irei escrever esta rubrica aqui no blog. Já como acontecia anteriormente, vou analisar os 10 filmes mais vistos em Portugal, mas desta vez irei começar também a apresentar e a analisar os dados da bilheteira de Hollywood, que é crucial na forma como os filmes são julgados atualmente.

 

Box Office Portugal, Vingadores

 

Top 10 de Portugal

  1. Vingadores: Guerra do Infinito
  2. Os Empatas
  3. Um Lugar Silencioso
  4. Asas Pelos Ares
  5. Rampage: Fora de Controlo
  6. Beirute: O Resgate
  7. Guernsey - A Sociedade Literária da Tarte de Casca de Batata
  8. Verdade ou Consequência
  9. Noite de Jogo
  10. Amar-te à Meia-Noite

 

Os Vingadores: Guerra do Infinito continua na liderança, já com mais de 2 milhões de euros arrecadados. Um Lugar Silencioso, Rampage: Fora de Controlo, Verdade ou Consequência e Noite de Jogo também já arrecadaram mais de 200 mil euros, cada um.

 

Box Office Portugal, Um Lugar Silencioso

 

Top 5 dos EUA

  1. Vingadores: Guerra do Infinito
  2. Life os the Party
  3. Breaking In
  4. Overboard
  5. Um Lugar Silencioso

 

13.05.18

Crítica de A Agente Vermelha

A Agente Vermelha, ou Red Sparrow no seu nome original em inglês, estreou pelas salas de Portugal a 1 de Março deste ano. Mas, como eu não tive a oportunidade de o ir ver ao grande ecrã, decidi não o perder e ver o filme no pequeno ecrã em casa.

 

Foi um filme que até rendeu algum dinheiro no nosso país, estando ainda algumas semanas na primeira posição do top da bilheteira. No entanto, no resto do mundo o resultado foi medíocre, mas suficiente para chegar quase à marca dos 150 milhões de dólares.

 

Crítica do filme A Agente Vermelha

 

A Agente Vermelha retrata a história de uma jovem que vê a sua carreira de sonho terminar devido a um acidente grave. Sendo uma mulher que não se choca com facilidade, o seu futuro é marcado por uma ação de violência, através do qual é oferecida a possibilidade de frequentar uma escola para agentes especiais. O filme segue então o seu percurso pessoal e profissional de violência, sexo e amor, deixando a sua vida irreconhecível no fim.

 

Eu já tinha lido algumas críticas que consideravam o filme muito explícito, mas sendo eu uma pessoa já habituada a ver A Guerra dos Tronos e outras obras com cariz sexual, não achei que este filme fosse muito explícito. No entanto, tem cenas bastante sexuais. Este filme despertou o meu interesse por duas razões: pela atriz Jennifer Lawrence no papel principal; e pelo diretor Francis Lawrence, atrás das câmaras. O desempenho de Jennifer não desiludiu, revelando-se ser uma atriz bem capaz de desempenhar este tipo de papéis que exigem diversidade.

 

Francis Lawrence mostrou-se também capaz de realizar um filme que aborda temas tão pesados, como sexo, violações e ainda violência, escolhendo mostrar as cenas explícitas de sexo e brutalidade, somente quando necessário.

 

Crítica de A Agente Vermelha

 

Eu gostei do filme, que está bem realizado e contém um argumento interessante o suficiente para me prender até ao fim. A grande estrela do filme é Jennifer Lawrence, com um papel difícil, mas mesmo feito à sua medida, que seria muito diferente se fosse interpretado por outra atriz. Tem cenas violentas e sexuais explícitas, pelo que se não gostam desses temas nem se deem ao trabalho de o ver. Mas para quem não se importa, acredito que vão gostar deste filme.

 

Classificação: 8/10

 

11.05.18

A Música do Momento, This is America

Se vocês estão a par das novidades dos EUA ou da cultura pop em geral, de certo que já ouviram ou leram algo sobre a nova música de Donald Glover (aka Childish Gambino) intitulada de This is America. O vídeo desta música está fenomenal, já tendo quase 100 milhões de visualizações em apenas alguns dias.

 

Com todo o clima tenso que se vive na América, as minorias são os mais afetados, incluindo as pessoas de cor. Este vídeo e esta música são acerca de todo esse clima e por mais chocante que seja, não deixa de ser a transparente verdade do que se tornou aquele país para essas minorias.

 

Eu gosto imenso da música e do vídeo e partilho ambos com vocês, porque acho que todos devem de conhecer este belo trabalho. Donald Glover vai também dar vida a uma versão jovem do personagem Lando Calrissian no filme Han Solo: Uma História de Star Wars a estrear já neste dia 23 de Maio nos cinemas de Portugal.

 

 

06.05.18

A Fresh Start

Estou bastante positivo que pelo menos uma grande parte dos seguidores deste blog, observou que, desde o último mês, não tenho publicado novos conteúdos e eventualmente acabei por retirar o blog do ar. Antes de mais, perdi todos os meus seguidores e também deixei de seguir os blogs que seguia. Essa ação foi acidental, eu não queria que isso acontecesse, mas a plataforma dos Blogs do Sapo lá decidiu que assim é quando se apagam todos os nossos blogs.

 

A Fresh Start

 

Vou tentar explicar a razão destes acontecimentos. Eu gosto de manter a minha vida privada, por isso não vou entrar em detalhes, mas sinto que vos devo a todos uma explicação por esta mudança. A minha vida mudou um pouco (e ainda está numa fase de transição) e comecei a sentir que vir ao blog e escrever nele era uma obrigação e não era isso que eu queria. Eu criei este blog para partilhar o meu amor por cinema e porque é de facto um assunto que adoro discutir, mas comecei a ficar um pouco confuso com o conteúdo que eu realmente queria publicar, então acabava por não escrever nada.

 

O blog tinha também artigos mais antigos que eu comecei a mudar, mas cada vez mais sentia que eu não gostava daquilo que tinha escrito, daí ter apagado tudo e vou agora recomeçar de novo. Como a minha vida pessoal também está a mil, eu não queria ter um esgotamento nervoso com este blog e deixei-o em standby. No entanto, agora quero começar de novo, de uma melhor forma. E espero que vocês me sigam neste novo caminho. Mais uma vez, peço desculpa por tudo isto, mas espero que compreendam.

Sobre

Leandro

Sou um rapaz que adora coisas nerd, como cinema e livros. Neste blog vão poder encontrar críticas de cinema, trailers, opiniões e sugestões do mundo nerd.


Segue-me

Blogs do Sapo

Twitter

Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal