Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Nerd

Mais do que Cinema | Pessoal, Livros, Filmes, Netflix, Música

13.05.18

Crítica de A Agente Vermelha


Leandro

A Agente Vermelha, ou Red Sparrow no seu nome original em inglês, estreou pelas salas de Portugal a 1 de Março deste ano. Mas, como eu não tive a oportunidade de o ir ver ao grande ecrã, decidi não o perder e ver o filme no pequeno ecrã em casa.

 

Foi um filme que até rendeu algum dinheiro no nosso país, estando ainda algumas semanas na primeira posição do top da bilheteira. No entanto, no resto do mundo o resultado foi medíocre, mas suficiente para chegar quase à marca dos 150 milhões de dólares.

 

Crítica do filme A Agente Vermelha

 

A Agente Vermelha retrata a história de uma jovem que vê a sua carreira de sonho terminar devido a um acidente grave. Sendo uma mulher que não se choca com facilidade, o seu futuro é marcado por uma ação de violência, através do qual é oferecida a possibilidade de frequentar uma escola para agentes especiais. O filme segue então o seu percurso pessoal e profissional de violência, sexo e amor, deixando a sua vida irreconhecível no fim.

 

Eu já tinha lido algumas críticas que consideravam o filme muito explícito, mas sendo eu uma pessoa já habituada a ver A Guerra dos Tronos e outras obras com cariz sexual, não achei que este filme fosse muito explícito. No entanto, tem cenas bastante sexuais. Este filme despertou o meu interesse por duas razões: pela atriz Jennifer Lawrence no papel principal; e pelo diretor Francis Lawrence, atrás das câmaras. O desempenho de Jennifer não desiludiu, revelando-se ser uma atriz bem capaz de desempenhar este tipo de papéis que exigem diversidade.

 

Francis Lawrence mostrou-se também capaz de realizar um filme que aborda temas tão pesados, como sexo, violações e ainda violência, escolhendo mostrar as cenas explícitas de sexo e brutalidade, somente quando necessário.

 

Crítica de A Agente Vermelha

 

Eu gostei do filme, que está bem realizado e contém um argumento interessante o suficiente para me prender até ao fim. A grande estrela do filme é Jennifer Lawrence, com um papel difícil, mas mesmo feito à sua medida, que seria muito diferente se fosse interpretado por outra atriz. Tem cenas violentas e sexuais explícitas, pelo que se não gostam desses temas nem se deem ao trabalho de o ver. Mas para quem não se importa, acredito que vão gostar deste filme.

 

Classificação: 8/10

 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Segue-me

Comentários recentes

  • Tudo Mesmo

    Pois....

  • Leandro

    Preferia que existissem somente pessoas não tóxica...

  • Leandro

    Infelizmente concordo...

  • Tudo Mesmo

    É mesmo isso, mas acho que a proporção tem tendênc...

  • Pântano

    Desde que continuem a haver pessoas não tóxicas pa...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal