Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Nerd

Mais do que Cinema | Pessoal, Livros, Filmes, Netflix, Música

11.11.18

Crítica de Operação Overlord


Leandro

Operação Overlord é o mais recente trabalho de Julius Avery, mas o maior nome por detrás do filme é o do produtor J.J. Abrams. Este filme ainda foi especulado que pertencia à saga de filmes Cloverfield, criada por Abrams, mas tal já foi desmentido pelo próprio, e eu também confirmo que, infelizmente, não tem qualquer ligação com essa franquia. Não é que isso seja uma coisa má - pois este filme é ótimo por si só - mas como eu sou um grande fã do universo Cloverfield, gostaria de ter visto algum easter egg que comprovasse uma ligação ao mesmo.

 

Data de Estreia: 8 de Novembro

Idade: Maiores 16

Duração: 110 minutos

 

Crítica, Overlord

 

Eu tinha planos para ir ver este filme, não só por ser fã do trabalho de J.J., mas também porque o trailer me mostrou um filme de terror promissor. Fiquei feliz quando vi a classificação alta que o filme agregava na plataforma Rotten Tomatoes e então decidi mesmo ir ver.

 

Operação Overlord começa no tom errado. Numa cena apressada e confusa, este filme introduz-nos logo a alguns dos personagens principais, mas falha ao fazer uma boa impressão com o argumento. Mais focado nos efeitos especiais, o filme rapidamente se confunde com um de menos qualidade. As cenas são filmadas com ângulos desfavorecidos e uma cinematografia descuidada. Confesso que nos primeiros 30 minutos do filme, eu estava convencido que me iria arrepender de ter comprado o bilhete.

 

No entanto, após uma longa e secante introdução do filme, ele começa a ganhar forma. A história sofre mudanças e o argumento fica muito melhor. O diálogo melhora e também a cinematografia sofre alterações para uma muito mais sofisticada. Somos introduzidos a novos e essenciais personagens e os já existentes tornam-se mais humanos e mais fáceis de decifrar.

 

O melhor deste filme é o argumento. A história está bem construída e vale a pena seguir o seu curso durante o filme. As relações entre os personagens intensificam-se e os mesmos vão crescendo em nós. Já a respeito do terror, existem partes arrepiantes - em especial uma parte que realmente me surpreendeu - mas não considero o filme dos mais assustadores. Existiu ainda algumas partes onde eu saltei de susto, mas nada mais do que isso.

 

A narrativa é de facto o ponto forte do filme. Surpreendente, irreverente e revoltante. O filme torna-se melhor a partir do meio para o fim, mas acaba por valer todo a pena. Também o seu terror é sofisticado e bem construído. Resumindo, recomendo o filme, mas não é para quem não gosta do género. É um filme tenso, arrepiante e dramático, mas que um dos melhores do seu género.

 

Classificação Blog Nerd: 8/10

Classificação Rotten Tomatoes: 81%

 

 

14.09.18

Crítica de Mundo Jurássico - Reino Caído


Leandro

Mais uma entrada que já podem ver em Digital é o segundo filme da nova franquia do Parque Jurássico. Nomeadamente, Mundo Jurássico — Reino Caído provou ser uma entrada forte, mas que passava bem despercebida. Com efeitos especiais de qualidade e uma cinematografia com alguns momentos fortes, o filme é mais do mesmo e desperta-nos o desinteresse por esta franquia.

 

Crítica, Jurassic World - Fallen Kingdom

 

A Minha Classificação: 6/10

 

O argumento é simples, no entanto, é eficaz. A verdadeira atração da história está nos personagens, que fazem parte de revelações interessantes e inesperadas. Já os dinossauros, são desenvolvidos de diferentes formas, como amigáveis ou ferozes. Apesar de o conceito até ser interessante e a história tomar um novo caminho no final do filme, este falha na sua cativação e emoção de conviver com dinossauros. Focando-se mais na cinematografia, que resulta na maior parte das vezes, mas esquecendo o ritmo da história e da ação que até a primeira entrada da nova franquia nos proporcionou.

 

Não é que tenha sido um mau filme, não o foi. Mas foi uma desilusão em alguns aspetos, sendo este um filme com potencial para muito mais. Vocês já viram o filme? Gostaram ou partilham a mesma opinião que eu? Se ainda não viram, ficaram curiosos?

 

13.09.18

Crítica de Hereditário


Leandro

Este foi um filme que dividiu críticos e audiências. De um lado, os críticos louvaram o filme, considerando-o um dos melhores do ano e do seu género. Por outro, as audiências não gostaram. Eu vi este filme há alguns dias, pois, já está disponível para digital e concordo com as audiências.

 

Crítica, Hereditary

 

A Minha Classificação: 5/10

 

O filme é aborrecido e a história chega a ser desnecessária. Este foi um filme, que se eu não o tivesse visto é que teria ganho. O conceito do filme é ambicioso, e atinge o seu potencial quando se foca no seu mistério. Apesar de a história ser confusa, é explícita o suficiente para entendermos ligeiramente o que está a acontecer. No entanto, a história perde por ser revoltante, com personagens complicados, mas sem propósito e com um final que é tudo menos satisfatório.

 

A cinematografia é outro ponto forte do filme, levando as cenas de efeitos especiais a outros níveis, mas não consegue ser o suficiente para salvar este filme. O seu tempo de duração é mais um ponto negativo, levando a argumento muito tempo a começar a ganhar forma. Existem literalmente cenas de silêncio, com personagens só a andar, que demoram uns bons cinco minutos.

 

Resumindo, eu não recomendo. O filme é ambicioso de mais e espalha-se por completo, resultando num filme muito extenso, com personagens revoltantes e uma história que não é nada importante. Vocês já viram este filme? Partilhem a vossa opinião nos comentários. Se não, ficaram interessados?

 

12.09.18

Cartaz Cinema 13 Agosto


Leandro

Mais um final de semana se avizinha e amanhã é dia de estreias nas salas de cinema do nosso país. Para vos ajudar nas vossas escolhas, partilho com vocês os filmes que vão estrear e a sua respetiva classificação. A escolha do blog também será mencionada. Já os trailers, esses podem ver no nosso canal no serviço Meo Kanal, aqui.

 

Cartaz, The Predator

 

  • Do Jeito Que Elas Querem (54%)
  • Em Guerra Por Amor (N/A)
  • O Predador (41%) — escolha do blog
  • O Que de Verdade Importa (N/A)
  • Pronta para a Luta (N/A)
  • Um Novo Caminho (65%)

 

Legenda: nome do filme + (classificação) | Fonte das classificações: Rotten Tomatoes | Fonte do cartaz: Filmspot. | N/A significa que não existe ainda uma classificação para o filme.

 

Já fizeram as vossas escolhas para qual o filme que vão ver nas salas de cinema, neste fim de semana? Recomendo O Predador, apesar de já ter lido algumas críticas que o avaliam como cliché. No entanto, este fim de semana as estreias também não são muito interessantes.

 

12.09.18

Bilheteira Portugal 6-9 Setembro


Leandro

Chegou mais uma quarta-feira e com apenas mais dois dias para o fim de semana, chegou a altura de analisar a bilheteira dos cinemas do nosso país do dia 6 ao dia 9. Aproveito também para agradecer à equipa da Sapo, que também divulgou a minha crítica de Upgrade no seu Portal, gerando mais quase 4 mil visitas ao blog, num dia.

 

Box Office, The Nun

 

Top 5 de Portugal

Legenda: posição atual + (posição anterior) + nome do filme + (lucro / lucro total) | Valores aproximados.

 

  1. (0) The Nun — A Freira Maldita (666 mil € / estreia)
  2. (1) Meg — Tubarão Gigante (126 mil / 1,028 milhões €)
  3. (3) Hotel Transylvania 3 — Umas Férias Monstruosas (75 mil / 2,063 milhões €)
  4. (0) Mile 22 (73 mil € / estreia)
  5. (2) Alpha (66 mil / 240 mil €)

 

Top 3 de Hollywood

Legenda: posição atual + (posição anterior) + nome do filme + (lucro total global) | Valores aproximados.

 

  1. The Nun — A Freira Maldita (137 milhões $)
  2. Peppermint (16 milhões $)
  3. Crazy Rich Asians (166 milhões $)

 

Qual foi a vossa escolha de cinema deste passado fim de semana? Contribuíram para estes lucros? Eu queria ter ido ver o The Nun, mas acabei por não ir quando vi que as críticas não eram muito positivas. E vocês, foram ver?

 

06.09.18

Crítica de Ocean's 8


Leandro

Continuando a dar a minha opinião de filmes que já estão disponíveis para ver em Digital, eis que chega a altura de Ocean's 8. Um filme que começou por ser criticado, pois, estava a transformar uma anterior equipa de homens, numa equipa de oito mulheres. Mas, quando as críticas começaram a aparecer, provaram que a equipa de somente mulheres funcionava e que o filme era razoavelmente bom.

 

Ocean's 8, Crítica

 

A Minha Classificação: 7/10

 

Na minha opinião, o filme é melhor que razoável, de facto, gostei bastante. A sua história é original e consegue guardar alguns segredos, mas, se não fosse o calibre de estrelas presentes, ele não teria metade da qualidade que tem. Gary Ross até se mostrou capaz de conduzir um filme de uma franquia já conhecida, e conseguiu, com sucesso, alterar os personagens anteriormente masculinos para femininos.

 

No entanto, o filme peca no argumento, que podia ser melhor. O filme é bom, e dá, sem dúvida, para passar um tempo de qualidade a vê-lo, mas podia ser muito melhor... O plano demora algum tempo a começar a ganhar forma, e acaba por se tornar um pouco “assalto de pequena escala” com o passar do filme. A fasquia podia ser mais elevada.

 

Sandra Bullock provou conseguir liderar o filme, de uma forma que só uma atriz do seu calibre sabe fazer. Já o restante elenco, apesar de necessário para a história, podia ter papéis mais importantes.

 

Recomendo o filme. Apesar de ter potencial para ser algo de mais qualidade, é um filme agradável.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Segue-me

Comentários recentes

  • Leandro

    Caso descubras primeiro que eu, avisa aí! xD

  • Leandro

    Acredito que teres aceitado esse XS tenha sido uma...

  • A que definirá

    Se conseguires apagar alguém da face da Terra, diz...

  • A Hipster Chique

    Sou bastante rápida a ler por acaso, o que se torn...

  • A Hipster Chique

    Sê bem vindo!Eu também troquei de iPhone, um pouco...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal